top of page
  • Foto do escritorAna Paula Rabello

DREX vai acabar com o PIX e o papel-moeda? É o fim da sua privacidade?

Como havíamos prometido, estamos acompanhando o DREX, moeda digital do Banco Central do Brasil, que tem agitado o cenário financeiro e gerado uma série de questionamentos. A pergunta que não quer calar é: o DREX vai substituir o PIX e o papel-moeda? E o que isso significa para a privacidade nas transações financeiras?


DREX

Desenvolvido pelo Banco Central do Brasil, o DREX é uma moeda digital de banco central (CBDC) que utiliza a Tecnologia de Registro Descentralizado (DLT) para oferecer um sistema de pagamento mais seguro e eficiente. Mas não se deixe enganar pela complexidade técnica; em termos simples, o DREX é uma forma de dinheiro digital que promete mais segurança e eficiência em transações que exigem um alto grau de confiança.


Agora, você deve estar se perguntando: "E o PIX e o papel-moeda, onde ficam nessa história?" Segundo Campos Neto, presidente do Banco Central, “DREX vai diminuir a impressão de papel-moeda, mas não deve acabar com o dinheiro físico ainda.” Isso nos leva a crer que o DREX e o papel-moeda vão coexistir, cada um com suas próprias utilidades e desafios.


Mas o que realmente chama a atenção é o potencial disruptivo do DREX em áreas como contratos e negócios. Imagine a compra de um imóvel, onde o DREX permitiria que o pagamento só fosse liberado ao vendedor quando todas as condições contratuais fossem atendidas. Isso não apenas reduziria o risco de calotes, mas também poderia revolucionar a forma como negócios e contratos são realizados no Brasil. No entanto, essa eficiência vem com seus próprios desafios e questionamentos, como quem realmente se beneficiará dessa redução de custos e como isso afetará o mercado financeiro existente.


A promessa de maior segurança e transparência do DREX é um ponto de destaque, mas também levanta preocupações sobre privacidade e vigilância. Isso acende o alerta para uma série de possíveis cenários negativos. Governantes com intenções questionáveis poderiam explorar essa ferramenta para restringir contas de oponentes políticos, estabelecer "juros negativos" como um estímulo econômico forçado e, até mesmo, monitorar minuciosamente como cada centavo é gasto ou economizado pelos cidadãos.


O DREX representa uma inovação com potencial para remodelar o cenário financeiro brasileiro, trazendo consigo uma série de oportunidades e desafios. De acordo com o Banco Central, ele não tem a intenção de substituir o PIX ou o papel-moeda, mas sim de oferecer uma alternativa mais segura e confiável para transações específicas. Embora o futuro seja incerto, uma coisa é evidente: a convivência do DREX com sistemas já estabelecidos como o PIX e o papel-moeda será um ato de equilíbrio que demandará vigilância constante por parte de reguladores, instituições financeiras e da sociedade como um todo.


Portanto, a pergunta que fica é: você está preparado para a revolução financeira que o DREX pode trazer? E como você vê o equilíbrio entre segurança e privacidade nesse novo cenário?


Fique atento às últimas atualizações à medida que a trajetória do DREX continua a se desenrolar. Continue acompanhando o Blog do Declarando Bitcoin para mais informações como essa.


Por Ana Paula Rabello e Gabriel Rother Candido


Vem com a gente para mais!


Baixe o e-book - 'Como Declarar Bitcoin e Outros Criptoativos no Imposto de Renda 2023 -


Siga no Twitter


Siga no Koo


Curte a página no Facebook


Acompanha também no Instagram


Telegram


Tik Tok


Youtube


Linkedin


Chama no whats 📲 + 55 (51) 99893-2200

Comments


Commenting has been turned off.

Em destaque

bottom of page