top of page

Carteiras de Criptomoedas: Vantagens e Funcionalidades

Atualizado: 11 de fev.


carteiras de criptomoedas

As carteiras de criptomoedas (crypto wallets), que lidam com Bitcoin e outras criptos, são essenciais para armazenar e gerenciar moedas digitais.


Existem diversos tipos de carteiras, que variam desde softwares até dispositivos físicos altamente seguros. 


As carteiras de criptomoedas se diferem das carteiras digitais normais por transacionarem dentro da blockchain - uma tecnologia de registro distribuído capaz de armazenar dados, sendo possível verificar informações de maneira simples e confiável, sem depender de terceiros.


Neste artigo, vamos explorar o universo das carteiras de criptomoedas, compreendendo não apenas o que são e como funcionam, mas também questões relacionadas à segurança.



⚙️ Entendendo as carteiras de criptomoedas


A crescente popularização das criptomoedas trouxe consigo a necessidade de compreender e escolher adequadamente as carteiras digitais para armazenamento seguro e acesso aos ativos. 


Vamos nos aprofundar no seu funcionamento e em suas principais modalidades.


O que são carteiras de criptomoedas?


O InfoMoney explica que, ao transferir criptomoedas, os ativos são armazenados na blockchain, e as carteiras funcionam como softwares ou dispositivos físicos que concedem acesso a esses ativos digitais. 


Assim, as carteiras de criptomoedas são comparáveis a contas bancárias, mas com uma distinção crucial: a responsabilidade pela segurança e posse dos ativos recai sobre o proprietário da carteira, e não sobre um banco.


Como funcionam as carteiras de criptomoedas?


como funcionam as carteiras de criptomoedas

Conforme explicado pelo InfoMoney, após a criação da carteira, uma "seed" (semente) é gerada, a qual consiste em uma sequência de palavras que funciona como uma senha de recuperação. 


A chave privada, chave pública e endereço também são liberados, e são essenciais para acessar e movimentar os fundos.


Tipos de carteiras de criptomoedas


O mercado oferece diferentes tipos de carteiras de criptomoedas, divididas em duas categorias principais: hot wallets (‘carteiras quentes’) e cold wallets (‘carteiras frias’).


Hot Wallets


  • Mobile: carteiras para dispositivos móveis, como Coinomi, Trust Wallet e Exodus, oferecem praticidade para transações diárias, mas podem ser mais vulneráveis a ataques virtuais.

  • Web: acessíveis pelo navegador, como MetaMask e Blockchain.com, são práticas, mas também suscetíveis a ataques online.

  • Desktop: programas instalados no computador, como Electrum e Exodus, são mais seguros por oferecerem precauções contra malwares.


Cold Wallets


  • Hardware Wallets: dispositivos físicos como Ledger e Trezor oferecem segurança adicional, sendo ideais para armazenar grandes quantidades de ativos digitais.

  • Paper Wallets: impressas em papel, são físicas e seguras, mas demandam cuidado contra desgaste e vírus no momento da criação.


Cada tipo de carteira tem suas vantagens e desvantagens. As hot wallets oferecem praticidade, enquanto as cold wallets priorizam a segurança. A escolha dependerá dos objetivos do usuário.


⚠️ Além disso, o usuário deve estar ciente de problemas como a perda irrecuperável de fundos em caso de perda da "seed."


Em termos de segurança no gerenciamento de suas próprias carteiras, é recomendável:


  • proteger a "seed";

  • distribuir os fundos entre várias carteiras;

  • fazer backups frequentes;

  • manter a carteira atualizada.


🔎 Diferença entre corretoras e carteiras de criptomoedas


De acordo com o Forbes Advisor, corretoras e carteiras exercem funções diferenciadas, atendendo a propósitos específicos dentro do cenário das moedas digitais.


As corretoras de criptomoedas, também conhecidas como exchanges, atuam como plataformas intermediárias que permitem a realização de operações, a exemplo de compra, venda, custódia, transferência e participação em serviços relacionados a criptoativos.



A escolha entre deixar criptomoedas em uma carteira ou exchange depende dos objetivos do usuário, considerando os riscos e a praticidade.


🔬 Como escolher uma carteira de criptomoedas


como escolher uma carteira de criptomoedas

O InfoMoney oferece diretrizes para uma escolha segura:


  • Reputação: verifique a seriedade da carteira por meio de redes sociais, notícias e opiniões.

  • Tipos de criptomoedas suportadas: avalie se a carteira suporta as moedas do seu portfólio.

  • Facilidade de uso: considere a usabilidade da carteira, analisando opiniões de usuários.

  • Segurança: verifique as medidas de segurança oferecidas pela carteira, como autenticação de dois fatores.


Conclusão


Em síntese, as carteiras de criptomoedas são elementos indispensáveis no ecossistema digital. Elas proporcionam aos usuários meios seguros e eficientes para armazenar e gerenciar suas moedas. 


A natureza descentralizada das crypto wallets, as quais operam na blockchain, confere aos usuários a responsabilidade exclusiva pela segurança e posse de seus ativos digitais. A complexidade das chaves privadas, públicas e endereços adiciona uma camada de segurança essencial - mas, ao mesmo tempo, impõe responsabilidade total dos usuários sobre a segurança dos seus ativos.


Por isso, compreender e escolher adequadamente as carteiras é essencial para uma experiência segura e bem-sucedida no universo das finanças digitais.


 

🤔 Pensando em investir em criptoativos, mas tem dúvidas sobre se precisa (ou como) declarar os investimentos em ativos digitais?


🔎 Entre em contato para receber orientação contábil sobre possíveis tributações em transações de criptomoedas.


Vem com a gente para mais!


Conecte-se com o Declarando Bitcoin nas Redes Sociais:


Instagram


YouTube


Telegram


Twitter


Tik Tok


Linkedin


Facebook


Koo


Chama no WhatsApp 📲 + 55 (51) 99893-2200


bottom of page