top of page

Corretoras estrangeiras se estabelecem no Brasil e informarão criptoativos à Receita Federal




A corrida pela regulamentação de corretoras estrangeiras que atuam também no Brasil já começou. A Coinbase, uma das líderes do setor, já está notificando seus usuários brasileiros sobre uma atualização significativa no contrato de usuário, prevista para 1º de setembro de 2023. O destaque dessa atualização é a mudança na entidade jurídica responsável pelos serviços, que passará a ser a Coinbase Brasil LTDA.


A nova empresa responsável por prestar serviços aos clientes residentes no Brasil, está plenamente regulamentada no país, com sede na cidade de São Paulo. Segundo comunicado da Coinbase, essa mudança reflete o compromisso da empresa em fornecer um ambiente seguro e confiável para os usuários acessarem a criptoeconomia.


Coinbase irá informar transações a Receita Federal?


Com a alteração da entidade jurídica, tudo indica que a Coinbase passará a cumprir com a Instrução Normativa 1888, reportando as transações de seus clientes brasileiros diretamente à Receita Federal. Isso coloca a Coinbase em pé de igualdade com as corretoras nacionais no que diz respeito às obrigações fiscais.


Cláusulas de Atenção no Contrato sobre impostos


O contrato revisado inclui uma cláusula que autoriza a Coinbase a comunicar informações fiscais e transacionais às autoridades competentes, conforme exigido pela legislação vigente. Além disso, a empresa pode reter ou adicionar impostos às transações e pagamentos dos usuários. A Coinbase também pode solicitar documentação tributária, e o não cumprimento dessa solicitação pode resultar em retenção e/ou recolhimento de impostos.


Confira na integra a cláusula 12.7 do contrato de usuário da Coinbase que trata sobre os impostos:


Regulamentação em Andamento


O decreto 11.563 que regulamenta a Lei nº 14.478, de 21 de dezembro de 2022, designou o Banco Central como o órgão regulador do mercado de criptomodas. Espera-se que até o fim deste ano, o Banco Central apresente diretrizes claras que as corretoras deverão seguir.


Dessa forma, muitas corretoras terão que se adequar rapidamente se quiserem continuar operando no Brasil. A corrida pela regulamentação está apenas começando, e a Coinbase já deu o primeiro passo.


O Que Isso Significa para Você?


Se você é um usuário da Coinbase no Brasil, é crucial estar ciente dessas mudanças. A responsabilidade de reportar transações à Receita Federal agora recai sobre a Coinbase, e não mais sobre o usuário individual. Vale ressaltar que, em tentativa de contato junto a Coinbase, não obtivemos retorno.


Embora as corretoras estrangeiras não sejam obrigadas a declarar explicitamente que irão passar a entregar a IN 1888, seria de bom tom com os seus usuários a clareza nesse sentido. A falta de clareza pode gerar incertezas entre os investidores, especialmente se esse se tornar um movimento padrão no setor.


Por Ana Paula Rabello e Gabriel Rother Candido


Vem comigo para mais!


Baixe o e-book - 'Como Declarar Bitcoin e Outros Criptoativos no Imposto de Renda 2023 -


Siga no Twitter


Siga no Koo


Curte a página no Facebook


Acompanha também no Instagram


Telegram


Tik Tok


Youtube


Linkedin


Chama no whats 📲 + 55 (51) 99893-2200

bottom of page